SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número6Sinais e sintomas sugestivos de depressão em adultos com hipotireoidismo primárioObstáculos diagnósticos e desafios terapêuticos no paciente obeso índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia

versão On-line ISSN 1677-9487

Resumo

MURUSSI, Marcia; PEREIRA, Cláudio E.F.N.; ASSIS BRASIL, Beatriz M.A.  e  TSCHIEDEL, Balduino. Punção aspirativa de tireóide com agulha fina em um hospital geral: estudo de 754 punções. Arq Bras Endocrinol Metab [online]. 2001, vol.45, n.6, pp.576-583. ISSN 1677-9487.  https://doi.org/10.1590/S0004-27302001000600012.

A punção aspirativa com agulha fina (PAAF) é considerada o método diagnóstico inicial e o de melhor relação custo-benefício na avaliação da doença nodular da tireóide. Apesar das vantagens do procedimento, o sucesso do método depende da experiência do patologista e da habilidade técnica na obtenção de amostras adequadas. Neste trabalho avaliamos a eficácia do procedimento em um hospital geral de ensino. Foram realizadas 754 punções em um período de 3 anos. Cada nódulo palpável foi aspirado por médicos residentes de endocrinologia com agulha fina por 4 a 6 vezes. O material foi corado pelos métodos de Giemsa e de Papanicolaou. O resultado anatomopatológico foi obtido de 93 pacientes. A PAAF foi realizada em 663 pacientes (613F/50M), com idade média de 50±14 anos (12 a 93). Nos exames citopatológicos, os diagnósticos foram: bócio colóide (58,5%), neoplasia folicular ou suspeito (8,2%), tireoidite de Hashimoto (5,3%), carcinoma papilar (2,3%), carcinoma anaplásico (0,4%), carcinoma medular (0,1%) e insatisfatório (25,2%). Dos 93 pacientes operados, 41 (44%) apresentavam neoplasia e, entre as malignas, o carcinoma papilar foi o mais freqüente (65,6%). Na neoplasia folicular, a percentagem de carcinoma foi 24%. A análise dos dados da PAAF demonstrou: sensibilidade 92% (IC= 78,6 a 98,3%), especificidade 80% (IC= 65,4 a 90,4%), valor preditivo positivo 79,5% (IC= 64,7 a 90,2%), valor preditivo negativo 92,3% (IC= 79,1 a 98,4%) e acurácia diagnóstica 86% (IC= 76,1 a 92,3%). A PAAF estabeleceu um diagnóstico em 66,6% dos nossos pacientes, diminuindo os custos e o número de cirurgias. A taxa de detecção à cirurgia de carcinomas de tireóide aumentou de 19,4% para 31,2% em 11 anos em nosso hospital.

Palavras-chave : Nódulo de tireóide; Punção Aspirativa com Agulha Fina (PAAF); Citopatologia; Neoplasia de tireóide; Câncer de tireóide.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons