SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 issue5Thyroid carcinoma in children and adolescentsThyroid microcarcinoma: experience and management in private clinic author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia

Print version ISSN 0004-2730

Abstract

SANTOS, Roberto Bernardo; MELO, Thaís Gomes de  and  ASSUMPCAO, Lígia V. Montali. Carcinoma não medular familiar da tiróide. Arq Bras Endocrinol Metab [online]. 2007, vol.51, n.5, pp. 769-773. ISSN 0004-2730.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302007000500014.

O carcinoma diferenciado da tiróide, papilífero ou folicular, origina-se da célula folicular tiroideana, sendo a neoplasia maligna mais freqüente desta glândula. Desde 1955 têm sido relatados casos de agrupamento familiar deste carcinoma, e atualmente estima-se que 4,2% de todos os carcinomas diferenciados da tiróide tenham origem familiar. Esses casos costumam ser mais agressivos, incidem em idade mais precoce, são multifocais e apresentam maior taxa de recorrência. Parecem ser transmitidos por herança autossômica dominante com penetrância variável, mas os genes exatos responsáveis pela doença ainda não foram totalmente identificados. Os pacientes devem ser tratados com tiroidectomia total e freqüentemente também com esvaziamento linfonodal cervical, seguidos de ablação com iodo radioativo e terapia supressiva do TSH com levotiroxina. Alguns autores recomendam rastreamento de familiares de primeiro grau dos pacientes afetados através da ultrassonografia cervical, com objetivo de realizar diagnóstico precoce, possibilitando melhores resultados terapêuticos.

Keywords : Tiróide; Câncer da tiróide; Marcadores moleculares; Terapêutica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese