SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 número9Decreased bone mineral density in pre-menopause women with prolactinomaReversible dilated cardiomyopathy related to hyperthyroidism índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia

versión impresa ISSN 0004-2730

Resumen

ROSA, Marcelo P.; BARONI, Gislaine V.  y  PORTAL, Vera L.. Potencial terapêutico para a prevenção e tratamento da nefropatia e neuropatia diabéticas: evidências do uso do cilostazol. Arq Bras Endocrinol Metab [online]. 2007, vol.51, n.9, pp. 1528-1532. ISSN 0004-2730.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302007000900017.

O cilostazol é um inibidor seletivo da fosfodiesterase tipo III com ação vasodilatadora, antiagregante plaquetária e antitrombótica. É considerada a droga de primeira escolha na claudicação intermitente devido à doença arterial obstrutiva periférica. Vários estudos demonstraram melhora significativa na distância percorrida na caminhada sem dor e na qualidade de vida, sem aumentar o risco de sangramento. Essas ações também foram verificadas em pacientes diabéticos, pois o cilostazol não afeta o metabolismo da glicose. Estudos, principalmente experimentais, têm mostrado resultados satisfatórios na melhora do fluxo sangüíneo neural, na atividade da bomba de sódio e potássio, na resistência à insulina e na microalbuminúria. Neste artigo, apresentamos uma revisão do uso do cilostazol na prevenção e no tratamento das complicações do diabetes mellitus, como nefropatia e neuropatia. Ressalta-se a necessidade do controle adequado dos níveis glicêmicos, da hipertensão arterial sistêmica e do tabagismo. Um maior número de estudos clínicos é necessário para melhor compreensão desses efeitos benéficos.

Palabras llave : Inibidores de fosfodiesterase; Diabetes mellitus; Complicações do diabetes; Neuropatias do diabetes; Cilostazol.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués