SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue6Insulin resistance in non-diabetic patients with chronic hepatitis C: what does it mean? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia

Print version ISSN 0004-2730

Abstract

CUNHA, Danilo da Silva et al. Ruptura de carótida pós-iodoterapia em carcinoma diferenciado de tireoide. Arq Bras Endocrinol Metab [online]. 2011, vol.55, n.6, pp. 419-425. ISSN 0004-2730.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302011000600009.

INTRODUÇÃO: Iodoterapia em pacientes com carcinoma diferenciado da tireoide tem o objetivo de reduzir a recorrência tumoral erradicando focos residuais macro e microscópicos. Os efeitos colaterais, em geral, são raros, tênues e transitórios, com pouca repercussão clínica. OBJETIVO: Relatar um caso raro de carcinoma diferenciado da tireoide apresentando grande massa sólida expansiva na base do crânio, com invasão da musculatura mastigatória esquerda e do tecido subcutâneo adjacente, sem invasão do espaço carotídeo que evoluiu com ruptura de carótida pós-iodoterapia. DISCUSSÃO: Os efeitos colaterais pós-iodoterapia são pouco frequentes e, quando presentes, de intensidade discreta. Os eventos adversos graves são muito raros, em especial, aqueles decorrentes de estruturas não invadidas diretamente pelo tecido metastático iodocaptante, como nesse caso, alertando também para a necessidade do aumento dos cuidados na terapia de grandes massas ávidas pelo radioiodo próximas às estruturas nobres.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English