SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.56 issue6Evaluation of body weight in patients with Graves' disease during the treatment with methimazoleChanges in bone metabolism markers in women after Roux-en-Y gastric bypass author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia

Print version ISSN 0004-2730

Abstract

BARRA, Filipe Ramos et al. Ultrassonometria do calcâneo, densitometria óssea e morfometria vertebral em homens com idade acima de 60 anos. Arq Bras Endocrinol Metab [online]. 2012, vol.56, n.6, pp. 370-375. ISSN 0004-2730.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302012000600005.

OBJETIVOS: Comparar a ultrassonometria do calcâneo com a densitometria óssea na avaliação de fraturas vertebrais morfométricas em homens acima de 60 anos. SUJEITOS E MÉTODOS: Foram analisados 96 homens com mais de 60 anos por meio de densitometria óssea da coluna, fêmur e rádio, radiografia lateral da coluna torácica e lombar e ultrassonometria do calcâneo. RESULTADOS: Cinquenta e um por cento dos homens apresentaram osteoporose e fraturas vertebrais. Foi observada correlação entre índice de stiffness e T-score da ultrassonometria e as densidades minerais ósseas (DMO) de todos os sítios. Quanto à presença de fraturas, identificou-se correlação com a DMO do rádio ultradistal e 33%. Por meio da curva ROC, observou-se acurácia da DMO do rádio UD na detecção de fraturas vertebrais. CONCLUSÕES: Nosso estudo mostrou correlação entre a ultrassonometria e a densitometria no diagnóstico de osteoporose em homens acima dos 60 anos. Também se identificou correlação entre fratura vertebral morfométrica e a DMO do rádio.

Keywords : Osteoporose; fraturas vertebrais; fraturas por osteoporose; densitometria óssea.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese