SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.56 issue6Acute suppurative thyroiditis with multiple complications author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia

Print version ISSN 0004-2730

Abstract

GOUVEIA, Sofia et al. Hiperparatiroidismo primário persistente: glândula ectópica em localização rara - Caso clínico e revisão. Arq Bras Endocrinol Metab [online]. 2012, vol.56, n.6, pp. 393-403. ISSN 0004-2730.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302012000600009.

O hiperparatiroidismo primário (HPP) é uma endocrinopatia frequente que afeta maioritariamente mulheres de meia-idade e é geralmente assintomática. A doença pode ser atribuível a hiperplasia, carcinoma, adenomas únicos ou múltiplos. O HPP inclui formas esporádicas e familiares. As formas familiares englobam neoplasia endócrina múltipla tipo 1 ou 2A, hipercalcemia hipocalciúrica familiar e síndrome hiperparatiroidismo/tumor mandibular-maxilar. As causas mais frequentes de HPP persistente são a presença de doença multiglandular ou de paratiroide anômala ectópica ou ortotópica não identificada previamente. É recomendável que a localização imagiológica preceda a reintervenção cirúrgica. A janela aortopulmonar é uma localização ectópica rara, sendo o 99mTc-sestamibi SPECT/TC um exame de confirmação vantajoso ou, alternativamente o 99mTc-sestamibi seguido de TC ou RM torácica. A paratiroidectomia pode ser efetuada por meio de esternotomia mediana, toracotomia ou toracoscopia videoassistida. Descrevemos um caso de HPP persistente atribuível à presença de uma glândula paratiroide ectópica localizada à janela aortopulmonar. O diagnóstico de HPP foi estabelecido na sequência da investigação requisitada para esclarecimento etiológico da nefrolitíase recidivante constatada nessa doente. Foi submetida à paratiroidectomia subtotal; não obstante, o HPP persistiu. Excluíram-se síndromes genéticas que pudessem justificar esse quadro clínico. Os exames imagiológicos disponíveis (à época) revelaram-se infrutíferos na detecção de paratiroides anômalas; adicionalmente, a doente recusou exploração cirúrgica. Posteriormente, a doente foi submetida a 99mTc-sestamibi SPECT/TC, que revelou a presença de uma paratiroide na janela aortopulmonar.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English