SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.64 issue3Application of ultrasound biomicroscopy in the diagnosis and clinical evolution of different types of anterior scleritisProspective comparative study of two techniques of planned extracapsular cataract extraction: limbal incision and scleral tunnel incision author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos Brasileiros de Oftalmologia

Print version ISSN 0004-2749On-line version ISSN 1678-2925

Abstract

CORREA, Zélia Maria da Silva et al. Precisão ecobiométrica da fórmula SRK/T na facoemulsificação. Arq. Bras. Oftalmol. [online]. 2001, vol.64, n.3, pp.233-237. ISSN 1678-2925.  https://doi.org/10.1590/S0004-27492001000300014.

Objetivo: Avaliar a precisão da fórmula SRK/T no cálculo da lente intra-ocular (LIO) para cirurgias de facoemulsificação. Métodos: Análise retrospectiva de 119 pacientes submetidos à facoemulsificação durante o ano de 1999 em serviço de ensino de oftalmologia. Foram excluídos pacientes com prontuários incompletos e aqueles com complicações intra-operatórias. Selecionados 81 pacientes para estabelecer a precisão da fórmula SRK/T no cálculo da refração final planejada após facoemulsificação com implante de lente intra-ocular. Todas as ecobiometrias foram realizadas pela mesma profissional, com o mesmo aparelho, usando a fórmula SRK/T. As cirurgias foram realizadas por residentes de oftalmologia do terceiro ano. Resultados: Comparando a refração final planejada pelo cirurgião, baseado na ecobiometria com a fórmula SRK/T, e o equivalente esférico no pós-operatório, os pacientes foram divididos em 4 grupos: Grupo 1 - pacientes com erro refracional de até ± 0,50 dioptrias (n=33 (40,7 %)). Grupo 2 - pacientes com erro refracional entre ±0,51 e ±1,25 dioptrias (n=29 (35,7 %)). Grupo 3 - pacientes com erro refracional entre ±1,26 e ±2,00 dioptrias (n=8 pacientes (9,87%)). Grupo 4 - pacientes com erro refracional superior a ±2,01 dioptrias (n=11 (13,5%)). Conclusões: O resultado refracional pós-operatório foi satisfatório, a maioria dos pacientes (n=62 (76,4%)) apresentaram erros refracionais residuais pós-facoemulsificação inferiores a ±1,25 dioptrias.

Keywords : Biometria; Implante de lentes intra-oculares; Refração ocular; Métodos; Período pós-operatório; Facoemulsificação; Erros de refração.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License