SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.66 número4O que os pediatras conhecem sobre afecções oculares na criança?Infiltração de 5-fluorouracil no pré-operatório do pterígio índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Arquivos Brasileiros de Oftalmologia

versão impressa ISSN 0004-2749

Resumo

FERRAZ, Lucieni Cristina Barbarini; SCHELLINI, Silvana Artioli  e  GREGORIO, Elisa Aparecida. Efeito do colírio de 5-fluorouracil sobre o epitélio corneano íntegro de coelhos. Arq. Bras. Oftalmol. [online]. 2003, vol.66, n.4, pp. 493-497. ISSN 0004-2749.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492003000400019.

OBJETIVO: Observar os efeitos da aplicação tópica de 5-fluorouracil (5-FU) sobre o epitélio corneano íntegro. MÉTODOS: Foram utilizados 10 coelhos albinos (14 olhos), divididos em: grupo controle (GC), 4 olhos nos quais não se administraram drogas, grupo 1 (G1), 5 olhos que receberam 5-fluorouracil na concentração 1,25% e grupo 2 (G2), 5 olhos que receberam 5-fluorouracil na concentração de 2,5%. A droga foi instilada 4 vezes por dia, durante 7 dias, quando os animais foram sacrificados, os olhos removidos, separando-se a córnea que foi preparada de modo convencional para estudo em microscópico eletrônico de varredura. RESULTADOS: GC: observaram-se células de formato hexagonal, claras, escuras e intermediárias, compondo o epitélio corneano de coelhos. Presença de numerosas microplicas, principalmente nas células claras. Cada célula possui cerca de 1 a 3 criptas. Nos animais do G1, observou-se maior número de células escuras, regiões com diminuição no número de criptas; alterações da superfície celular, protusão na região do núcleo e descamação de células epiteliais. Os do G2 tiveram aumento de microprojeções na superfície celular, modificações nas junções intercelulares até separação de células adjacentes; diminuição do número e variabilidade no tamanho das criptas. As alterações mais freqüentes ocorreram nas células da periferia da córnea. CONCLUSÃO: O 5-fluorouracil teve efeitos deletérios no epitélio íntegro corneano de coelhos. As alterações observadas foram mais importantes nos animais que receberam a droga mais concentrada (G2) e mais freqüentes na periferia da córnea.

Palavras-chave : Fluorouracil [administração & dosagem]; Córnea [ultraestrutura]; Epitélio da córnea [ultraestrutura]; Microscopia eletrônica de varredura; Coelhos; Soluções oftálmicas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português