SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.70 issue5Clinical treatment of diffuse unilateral subacute neuroretinitis with albendazoleUveitis and spondyloarthritis: prevalence and relationship with joint disease author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos Brasileiros de Oftalmologia

Print version ISSN 0004-2749

Abstract

VENTURA, Roberta et al. Experiência em projeto: "Enxergando através das mãos". Arq. Bras. Oftalmol. [online]. 2007, vol.70, n.5, pp. 823-826. ISSN 0004-2749.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492007000500017.

OBJETIVO: A Fundação Altino Ventura realizou o projeto "Enxergando através das mãos", com o objetivo de investigar a situação atual da múltipla deficiência no estado de Pernambuco, verificar a demanda reprimida nesta área e analisar relevância para implantação de um centro especializado de referência para o diagnóstico e tratamento desses pacientes. MÉTODOS: Foi avaliado o perfil de um grupo de pacientes atendidos em cinco serviços de referência do grande Recife. Os casos foram avaliados quanto a ocorrências perinatais, inclusão social e dificuldades de acesso aos serviços especializados. Promoveu-se o atendimento oftalmológico especializado e o tratamento indicado para cada caso. O projeto foi desenvolvido de forma prospectiva, seguindo protocolo e organograma previamente elaborados. Os atendimentos foram realizados em seis dias não consecutivos, durante os quais todos os casos passavam pelas etapas de entrevista dos genitores e exame oftalmológico completo. Durante o período de espera entre entrevista e exame oftalmológico os pacientes realizavam atividades lúdicas com artistas plásticas. Contou-se com equipe multidisciplinar de 31 profissionais. RESULTADOS: Foram atendidos 309 pacientes. Estavam incluídos na sociedade 83,1% dos pacientes, apenas 45,4% freqüentavam escola (normal ou especial). A dificuldade de acesso aos serviços na área de oftalmologia foi relatada por 51,1% dos casos. Foram identificadas 274 crianças com múltiplas deficiências, destas, 154 (56,2%) nunca haviam sido examinadas pelo oftalmologista e 33% tinham baixa de visão (inferior à 20/60 na tabela de Snellen). Os diagnósticos oftalmológicos mais freqüentes foram: erro refracional, estrabismo, ambliopia, alterações do nervo óptico (glaucoma e atrofia), e catarata. Foram prescritos e doados 84 óculos. CONCLUSÃO: O projeto foi pioneiro na região, permitindo a obtenção de importantes dados quanto à problemática da deficiência visual e/ou múltipla, possibilitando o acesso ao oftalmologista e tratamento especializado dos casos.

Keywords : Promoção da saúde; Acuidade visual; Baixa visão; Prevenção primaria; Oftalmopatias [prevenção & controle]; Saúde ocular.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese