SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.70 issue6In vitro antimicrobial susceptibility of coagulase negative staphylococcal ocular isolatesStudy on macular morphology after removal of the idiopathic epiretinal membrane using the optical coherence tomography (OCT): a pilot study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos Brasileiros de Oftalmologia

Print version ISSN 0004-2749

Abstract

NOGUEIRA, Daniel Cruz et al. Comparação entre dois meios de coleta e transporte para estudo da microbiota conjuntival de indivíduos normais. Arq. Bras. Oftalmol. [online]. 2007, vol.70, n.6, pp. 929-934. ISSN 0004-2749.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492007000600008.

OBJETIVO: Comparar o perfil microbiológico da microbiota de pessoas sadias, obtidas do esfregaço conjuntival, utilizando zaragatoa seca transportada no meio de Stuart e zaragatoa úmida transportada no tubo de ensaio vedado com algodão. MÉTODOS: Trata-se de estudo prospectivo, com amostras selecionadas aleatoriamente, realizado no Departamento de Oftalmologia e Patologia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, no mês de agosto de 2006. Foram estudados 80 olhos normais de 40 indivíduos. No olho direito de cada paciente, foi realizada a coleta de material com a zaragatoa seca, armazenando-a no meio de transporte de Stuart, no qual todo o material microbiológico obtido fica imerso no meio e o tubo hermeticamente fechado. No olho esquerdo, o material conjuntival foi colhido com a extremidade de algodão da zaragatoa umedecida em solução salina a 0,9%, e armazenando-a no tubo de ensaio seco e estéril vedado com algodão. As amostras foram analisadas no prazo máximo de 2 horas após a coleta do material. RESULTADOS: Das 40 amostras coletadas com a zaragatoa úmida transportadas em tubo seco, foram identificadas bactérias em 10 (25%). Das 40 amostras coletadas com zaragatoa seca transportada em meio de Stuart, foram identificadas bactérias em 12 (30%). CONCLUSÃO: Os resultados do perfil microbiológico da microbiota normal conjuntival utilizando o meio de transporte da zaragatoa seca em meio de Stuart mostraram-se estatisticamente semelhantes (p= 0,85) ao comparar com o meio utilizando a zaragatoa úmida em tubo seco para semeaduras realizadas em até 2 horas após a coleta de material conjuntival.

Keywords : Bactérias [isolamento & purificação]; Conjuntiva [microbiologia]; Meios de cultura; Infecções oculares bacterianas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese