SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.74 issue6Comparative study of ophthalmological and serological manifestations and the therapeutic response of patients with isolated scleritis and scleritis associated with systemic diseasesOcular wavefront aberrations in patients with facial dystonia treated with botulinum toxin author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos Brasileiros de Oftalmologia

Print version ISSN 0004-2749

Abstract

PARANHOS, Juliane de Freitas Santos; PARANHOS JR., Augusto; AVILA, Marcos Pereira  and  SCHOR, Paulo. Avaliação dos fatores que influenciam na qualidade de vida de pacientes com ceratocone após implante de anel intraestromal. Arq. Bras. Oftalmol. [online]. 2011, vol.74, n.6, pp. 410-413. ISSN 0004-2749.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492011000600005.

OBJETIVO: Analisar a correlação entre fatores relacionados aos pacientes com ceratocone e suas medidas quantitativas e os resultados da qualidade de vida com o implante do anel intraestromal (ICRS). MÉTODOS: O questionário de qualidade de vida relacionado a visão (QdV-v) NEI-RQL (National Eye Institute Refractive Error Quality of Life) validado na língua portuguesa foi administrado a pacientes com indicação de implante do anel intraestromal antes e depois da cirurgia quando eles já estavam usando a correção por pelo menos 40 dias. Acuidade visual com a melhor correção, topografia de córnea, aberrometria e sensibilidade ao contraste foram medidos antes e três meses após a cirurgia. RESULTADOS: Foram incluídos neste estudo prospectivo 42 pacientes (69 olhos): 19 homens e 23 mulheres com idade média de 24,9 ± 5 anos. Houve melhora estatisticamente significante na acuidade visual com a melhor correção binocular (0,13 ± 0,03 antes para -0,01 ± 0,01 logMAR após a cirurgia, p<0,001), na refração esférica média (2,81 ± 0,44 para 1,71 ± 0,31), no componente cilíndrico (3,89 ± 0,22 para 1,82 ± 0,21), no equivalente esférico (4,55 ± 0,46 para 2,40 ± 0,30), na ceratometria máxima (55,92 D ± 0,62 para 52,16 D ± 0,58 D) e no RMS (root mean square) de baixa ordem (p<0,001). O RMS de alta ordem não teve melhora significante p=0,422. A sensibilidade ao contraste (SC) melhorou significativamente em todas as frequências especialmente na de 6 cpg. Houve melhora significante em todas as escalas do NEI-RQL após a cirurgia. A análise multivariada mostrou que sexo (homens com melhores índices de QdV-v que as mulheres), cilindro (1 D de redução aumenta em 5 pontos a escala geral do NEI-RQL) e SC normal nas frequências de 3 e 6 cpg são os fatores que interferem nos escores de QdV-v dos pacientes com implante de anel intraestromal. As outras variáveis como acuidade visual com a melhor correção, aberrometria e ceratometria máxima não influenciaram nos escores do NEI-RQL. CONCLUSÕES: Os fatores que se correlacionam a melhores pontuações na QdV-v dos pacientes com implante de anel intraestromal são: sexo, SC normal nas frequências de 3 e 6 cpg e diminuição do cilindro. A análise das medidas objetivas em conjunto com o NEI-RQL foi fundamental para identificar os fatores que influenciam nos resultados subjetivos dos pacientes com ceratocone e implante de anel intraestromal.

Keywords : Córnea; Topografia da córnea; Substância própria [cirurgia]; Ceratocone; Ceratoplastia penetrante; Qualidade de vida; Satisfação do paciente; Acuidade visual; Aberrometria.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English