SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.75 issue1Conjunctival squamous cell carcinoma requiring orbital exenteration: case reportSubconjunctival Loa loa worm: first case report in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos Brasileiros de Oftalmologia

Print version ISSN 0004-2749

Abstract

DAMASCENO, Renato Wendell Ferreira  and  HOLBACH, Leonard M.. Adenocarcinoma ductal primário da glândula lacrimal: relato de caso. Arq. Bras. Oftalmol. [online]. 2012, vol.75, n.1, pp.64-66. ISSN 0004-2749.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492012000100014.

Paciente do sexo masculino e com 78 anos de idade apresentou diplopia, massa palpável abaixo da margem orbitária direita, deslocamento inferior do bulbo ocular direito e limitação da adução do olho direito. A acuidade visual foi 20/50 OD e 20/20 OE. A exoftalmometria de Hertel foi 21 mm OD e 17 mm OE. Tomografia computadorizada mostrou uma massa orbitária, infiltrativa e com margens irregulares, envolvendo a glândula lacrimal e o músculo reto lateral. O paciente foi submetido a uma orbitotomia anterior com biópsia incisional. O exame histopatológico revelou adenocarcinoma ductal primário da glândula lacrimal. Em seguida, o paciente foi submetido a uma exenteração orbitária com preservação das pálpebras. Microscopicamente, os elementos tumorais foram caracterizados por células poligonais grandes com citoplasma anfofílico, núcleo vesicular e nucléolo proeminente. Os componentes tumorais incluíram estruturas ductais com padrões cribriforme e papilífero e cercadas por membrana basal proeminente. As células tumorais foram positivas para citoqueratina 7, metaloproteinase 2 da matriz, metaloproteinase 9 da matriz, metaloproteinase 13 da matriz e Her-2/neu, mas negativas para citoqueratina 5, citoqueratina 20, p63, antígeno prostático específico, proteína S-100 e fator de transcrição da tiroide. Estes achados histopatológicos foram compatíveis com o diagnóstico de adenocarcinoma ductal pouco diferenciado da glândula lacrimal, T3N0M0. Vinte e quatro meses após a exenteração orbitária, o paciente foi diagnosticado com metástases nos linfonodos cervicais ipsilaterais e na glândula parótida ipsilateral e faleceu.

Keywords : Glândula lacrimal [patologia]; Adenocarcinoma [cirurgia]; Metaloproteinase 2 da matriz; Metaloproteinase 9 da matriz; Metaloproteinase 13 da matriz; Relatos de casos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License