SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.75 issue3Optical aids for low vision: use of the Internet to guide teachers of the visually impaired author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos Brasileiros de Oftalmologia

Print version ISSN 0004-2749

Abstract

BRAVO FILHO, Vasco Torres Fernandes et al. Impacto do déficit visual na qualidade de vida em idosos usuários do sistema único de saúde vivendo no sertão de Pernambuco. Arq. Bras. Oftalmol. [online]. 2012, vol.75, n.3, pp. 161-165. ISSN 0004-2749.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492012000300002.

OBJETIVO: Avaliar o impacto das doenças oculares sobre a qualidade de vida de uma população idosa do sertão de Pernambuco, localizado na região nordeste do Brasil. MÉTODOS: Foram entrevistados 580 indivíduos acima de 59 anos, por meio do questionário de avaliação de qualidade de vida "Visual Functioning Questionnaire" (VFQ). Todos os indivíduos foram submetidos a exame oftalmológico completo. Os resultados das variáveis quantitativas foram expressos por suas médias e desvios-  padrão. Os resultados das variáveis qualitativas foram expressos por suas frequências absolutas e relativas. RESULTADOS: A média de idade foi de 70 ± 8,1 anos. Cerca de 86,0% dos entrevistados declararam ser analfabetos ou ter o ensino fundamental incompleto. As principais queixas foram: baixa visual (71,1%) e ardor/prurido (69,0%). A acuidade visual não era normal em 37,4% dos idosos. Por volta de 75,0% dos entrevistados relataram ter saúde regular ou ruim, e 77,0% diziam ter uma visão regular ou ruim. A qualidade de vida foi considerada pior conforme a piora da condição visual do idoso. CONCLUSÃO: O déficit visual representou um impacto negativo sobre a qualidade de vida dos idosos do sertão Pernambucano.

Keywords : Idoso; Qualidade de vida; Acuidade visual; Brasil.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese