SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue2Chemical pleurodesis for hepatic hydrothoraxPrevalence of Helicobacter pylori infection in children evaluated at "Hospital de Clínicas de Porto Alegre", RS, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Gastroenterologia

Print version ISSN 0004-2803On-line version ISSN 1678-4219

Abstract

DUQUES, Pedro; ARAUJO, Renata Soares Almeida  and  AMORIM, Waldir Pedrosa Dias de. Ulceração de anastomose esôfago-entérica causada por alendronato. Arq. Gastroenterol. [online]. 2001, vol.38, n.2, pp.129-131. ISSN 1678-4219.  https://doi.org/10.1590/S0004-28032001000200009.

Introdução — O alendronato de sódio, um aminobifosfonado indicado para o tratamento da osteoporose em mulheres pós-menopausadas, tem sido associado em vários relatos à esofagite. Estenose esofágica e sintomas gastrointestinais como dispepsia, náuseas, vômitos e dor abdominal também podem estar presentes. Objetivo — Relato do caso de paciente submetida a gastrectomia total com anastomose em Y de Roux devido a carcinóide gástrico que desenvolveu ulceração em anastomose esôfago-entérica após tratamento com esta droga. Material e Método — Paciente de 63 anos de idade, sexo feminino, iniciou terapia com alendronato na dose diária de 10 mg pela manhã, vindo a apresentar sintomas disfágicos e dor abdominal um mês após. Submetida a exame endoscópico, demonstrou-se ulceração no esôfago, na mucosa da anastomose esôfago-entérica e estenose esofágica. O tratamento medicamentoso foi descontinuado, tendo o sintoma de dor abdominal desaparecido e a disfagia diminuído de intensidade. Resultados — Houve remissão das lesões ulceradas, entretanto a estenose esofágica permaneceu. A paciente subseqüentemente foi tratada por dilatação endoscópica, evoluindo com melhora clínica e estando atualmente livre de sintomas. Conclusão — O alendronato de sódio tanto pode causar lesões na porção inferior do esôfago, como em segmentos mais distais do tubo digestivo nos pacientes cujo trânsito gastrointestinal é acelerado. Especial atenção deve ser dada aos pacientes gastrectomizados que fazem uso desta droga, pela possibilidade do desenvolvimento de lesões na mucosa entérica anastomosada e do surgimento de complicações temíveis como a estenose.

Keywords : Alendronato; Estenose esofágica; Anastomose em-Y de Roux; Esôfago [cirurgia].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License