SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número1The importance of AST/ALT rate in nonalcoholic steatohepatitis diagnosisAngiogenesis in advanced colorectal adenocarcinoma with special reference to tumoral invasion índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Arquivos de Gastroenterologia

versión impresa ISSN 0004-2803

Resumen

AMARAL, Ana Cristina de Castro et al. Elevação da g-glutamiltransferase sérica na hepatopatia esquistossomótica não se correlaciona com a carga parasitária e precede alterações ultra-sonográficas. Arq. Gastroenterol. [online]. 2002, vol.39, n.1, pp. 27-31. ISSN 0004-2803.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032002000100006.

Racional - As alterações hepáticas constituem as mais importantes manifestações da esquistossomose mansônica. Não são conhecidos fatores que expliquem elevação sérica de enzimas indicadoras de colestase na forma hepatoesplênica da doença. Objetivo - Avaliar a correlação entre elevação da g-glutamiltransferase sérica e a carga parasitária e alterações ultra-sonográficas em pacientes esquistossomóticos. Casuística e método - Foram avaliados 25 pacientes portadores da forma crônica pura da esquistossomose, quanto a presença ou não de elevação enzimática, quanto a carga parasitária (baixa x média/alta) e quanto a parâmetros ultra-sonográficos. Foi realizada, ainda, análise do índice de protrombina e contagem de plaquetas. Resultados - Dos 25 pacientes, 13 apresentavam elevação da g-glutamiltransferase sérica. Não houve correlação significativa entre elevação de g-glutamiltransferase e carga parasitária, ou entre elevação da enzima e alterações ultra-sonográficas. O índice de protrombina e a contagem de plaquetas também não foram diferentes entre os dois grupos (g-glutamiltransferase normal e g-glutamiltransferase elevada). Conclusão - A carga parasitária não explica o aumento da g-glutamiltransferase sérica em pacientes portadores de esquistossomose e a ultra-sonografia convencional não é método sensível para detectar alteração sugerida pela elevação da enzima nestes pacientes.

Palabras llave : Esquistossomose mansoni; Colestasia intra-hepática; Gama-glutamiltransferase.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués