SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 issue4Descriptive analysis of the social, clinical, laboratorial and anthropometric profiles of inflammatory bowel disease inwards patients from the "Clementino Fraga Filho" University Hospital, Rio de Janeiro, RJ, BrazilNutritional risk and malnutrition determination by anthropometry in cirrhotic children and adolescents author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Gastroenterologia

Print version ISSN 0004-2803

Abstract

MEDEIROS, Lilian Cristiane da Silva et al. Características clínicas de pacientes pediátricos com constipação crônica de acordo com o grupo etário. Arq. Gastroenterol. [online]. 2007, vol.44, n.4, pp. 340-344. ISSN 0004-2803.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032007000400011.

RACIONAL: Não existem estudos avaliando as características clínicas de constipação de acordo com os grupos etários pediátricos. OBJETIVO: Avaliar as características da constipação crônica de acordo com o grupo etário. MÉTODOS: Estudo retrospectivo para avaliar informações demográficas e características clínicas de pacientes pediátricos atendidos em ambulatório especializado entre maio de 1995 e dezembro de 2002. Os dados obtidos foram analisados de acordo com o grupo etário (lactentes, pré-escolares, escolares e adolescentes). RESULTADOS: Foram estudados 561 pacientes, predominando o grupo etário de pré-escolares (42,9%), seguido de escolares (26,9%), lactentes (19,1%) e adolescentes (11,0%). Não se observou diferença estatisticamente significante entre os gêneros nas quatro faixas etárias. Menos que três evacuações por semana foi observado em maior percentual nos pré-escolares (65,8%) e escolares (59,6%) do que nos lactentes (52,4%) e adolescentes (43,1%). Escape fecal foi observado em 75,6% dos pré-escolares com idade maior do que 48 meses, 68,2% dos escolares e 76,7% dos adolescentes. Maior freqüência de escape fecal no gênero masculino (80,7%) do que no feminino (50,0%) foi observada apenas no grupo etário de escolares. Comportamento de retenção (67,6%, 40,7%, 27,2%), medo de defecar (70,2%, 44,2%, 29,7%) e dor abdominal (80,8%, 69,6%, 73,6%) foram observados, respectivamente, com maior freqüência nos pré-escolares do que nos escolares e adolescentes. CONCLUSÃO: Observaram-se diferenças nas características clínicas de pacientes com constipação crônica segundo o grupo etário, no entanto, em todas as faixas etárias observou-se duração prolongada da queixa de constipação e elevada freqüência de complicações como dor abdominal e escape fecal.

Keywords : Constipação intestinal; Distribuição por idade; Pré-escolar; Criança; Adolescente.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese