SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue4Incidence of tracheal aspiration in tracheotomized patients in use of mechanical ventilationCardiorespiratory effects of the body position in premature newborns submitted to the increase of the gastric volume author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Gastroenterologia

Print version ISSN 0004-2803

Abstract

LEHRBACH, Dárcio Matenhauer et al. Adenocarcinoma da junção esôfago-gástrica: relação entre os dados cllnipatológicos e a imunoexpressão de p53, ciclina D1 e Bcl-2. Arq. Gastroenterol. [online]. 2009, vol.46, n.4, pp.315-320. ISSN 0004-2803.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032009000400013.

CONTEXTO: O adenocarcinoma da junção esôfago-gástrica tem um comportamento agressivo e o estádio TNM não é sempre suficiente para categorizar o paciente de acordo com a evolução do mesmo. OBJETIVO: Avaliar a imunoexpressão do p53, ciclina D1 e Bcl-2 em pacientes com adenocarcinoma da junção esôfago-gástrica sem esôfago de Barrett e comparar com as características clínicas e sobrevida. MÉTODOS: Cortes histológicos de 75 adenocarcinomas da esôfago-gástrica ressecados de 1991 a 2003 foram analisados por imunoistoquímica para o p53, ciclina D1 e Bcl-2, usando-se o método da estreptavidina-biotina-peroxidase. O tempo médio de seguimento foi de 60 meses, DP=61,5 (variando de 4 a 273 meses). RESULTADOS: Cinquenta (66,7%) dos tumores eram do tipo intestinal e 25 (33,3%) eram difusos. Verificou-se infiltração vascular, linfonodal e perineural em 16%, 80% e 68% dos pacientes, respectivamente. O estádio TNM foi IA em 4 (5,3%), II em 15 (20%), IIIA em 15 (20%), IIIB em 15 (20%) e IV em 16 (21,3%). A análise imunoistoquímica foi positiva para p53, ciclina D1 e Bcl-2 em 68%, 18,7% e 100, respectivamente. Não houve associação entre a imunoexpressão e invasão vascular ou perineural, características clinicopatológicas e sobrevida geral. CONCLUSÃO: Nesta população selecionada, não houve associação entre os imunomarcadores, p53, ciclina D1 e Bcl-2 e os dados clinicopatológicos e a sobrevida geral dos pacientes.

Keywords : Junção esôfago-gástrica; Neoplasias gástricas; Neoplasias esofágicas; Adenocarcinoma; Proteína supressora de tumor p53; Ciclina D1; Proteínas proto-oncogênicas c-bcl-2.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License