SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 número1Tratamento da síndrome do intestino irritável pós-infecciosa e da síndrome do intestino irritável não-infecciosa com mesalazinaDeterminação das cepas do Helicobacter pylori e do polimorfismo do gene da interleucina-8 em pacientes com câncer gástrico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Arquivos de Gastroenterologia

versão impressa ISSN 0004-2803

Resumo

MEINE, Gilmara Coelho et al. Relação entre infecção por Helicobacter pylori linhagem cagA-positiva e risco de câncer gástrico: um estudo caso-controle em Porto Alegre, Brasil. Arq. Gastroenterol. [online]. 2011, vol.48, n.1, pp.41-45. ISSN 0004-2803.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032011000100009.

CONTEXTO: O câncer gástrico é a segunda causa mais comum de mortes relacionadas à neoplasia em todo o mundo. Embora o Helicobacter pylori seja classificado como um carcinógeno classe I, a presença da infecção não é um fator que isoladamente possa conduzir ao câncer gástrico e, uma das possíveis justificativas, é a existência de diferentes linhagens de H. pylori com diferentes graus de virulência. OBJETIVO: Investigar a associação entre H. pylori cagA-positivo e câncer gástrico, utilizando a reação em cadeia de polimerase (PCR) para a detecção desta linhagem bacteriana. MÉTODOS: Vinte e nove pacientes com câncer gástrico foram pareados por sexo e por idade (± 5 anos) com 58 pacientes sem câncer gástrico, submetidos a endoscopia digestiva alta. Todos os pacientes foram avaliados quanto à presença de infecção pelo H. pylori (com teste da urease, análise histológica e PCR para os genes ureA e 16SrRNA) e pela linhagem cagA desta bactéria (com PCR para o gene cagA). RESULTADOS: Avaliando a presença de infecção por H. pylori cagA-positivo, verificou-se que a taxa da infecção era significativamente mais alta no grupo de pacientes com câncer gástrico, quando comparado com o grupo controle, ocorrendo em 62,1% e em 29,3%, respectivamente (OR = 3,95; CI 95% 1,543-10,096). CONCLUSÕES: Há associação entre H. pylori cagA-positivo e risco de câncer gástrico.

Palavras-chave : Helicobacter pylori; Infecções por helicobacter; cagA proteína; Helicobacter pylori; Neoplasias gástricas.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons