SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 issue1BILIARY ATRESIA: evaluation on two distinct periods at a reference pediatric serviceANTI-ULCER ACTIVITY OF LEGUMINOSAE PLANTS author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Gastroenterologia

Print version ISSN 0004-2803

Abstract

NITSCHE, Rodrigo et al. Alterações nos níveis de testosterona em pacientes com cirrose hepática após transplante hepático ortotópico e sua correlação com o MELD. Arq. Gastroenterol. [online]. 2014, vol.51, n.1, pp.59-63. ISSN 0004-2803.  https://doi.org/10.1590/S0004-28032014000100012.

Contexto

O hipogonadismo é uma situação clínica comum em pacientes do sexo masculino com cirrose hepática.

Objetivos

O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos do transplante hepático ortotópico nos níveis de testosterona, testosterona livre e globulina de ligação do hormônio sexual na doença hepática avançada em homens e, determinar a relação dessas mudanças com o Model for End-stage Liver Disease (MELD).

Métodos

Em um estudo prospectivo, os níveis séricos de testosterona, testosterona livre e globulina de ligação do hormônio sexual de 30 pacientes adultos do sexo masculino com doença hepática em estágio final foram medidos 2 a 4 horas antes e 6 meses após transplante hepático ortotópico.

Resultados

Os níveis de testosterona total aumentaram após transplante hepático ortotópico e o número de pacientes com níveis normais de testosterona aumentou de 18 para 24. O nível médio de testosterona livre no grupo de pré-transplante foi de 7,8 pg/mL, aumentou para 11,5 pg/mL (P = 0,10) e globulina de ligação do hormônio sexual diminuiu após transplante hepático ortotópico retornando aos níveis normais no grupo com MELD ≤18 - grupo (A) (P<0,05).

Conclusões

As mudanças nos níveis séricos de testosterona, testosterona livre e globulina de ligação do hormônio sexual são mais pronunciadas em homens com cirrose e MELD ≤18. Os níveis séricos de testosterona e testosterona livre aumentaram e de globulina de ligação do hormônio sexual reduziram após transplante hepático ortotópico. Os níveis de testosterona livre aumentaram em pacientes com cirrose hepática avançada após transplante hepático ortotópico enquanto globulina de ligação do hormônio sexual diminuiu após transplante hepático ortotópico e estas alterações foram mais intensas em pacientes com MELD ≤18.

Keywords : Transplante de fígado; Testosterona; Cirrose hepática.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )