SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 issue1ANTI-ULCER ACTIVITY OF LEGUMINOSAE PLANTSHEPATITIS AND PNEUMONITIS DURIN ADALIMUMAB THERAPY IN CROHN’ DISEASE: mind the histoplasmosis! author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Gastroenterologia

Print version ISSN 0004-2803

Abstract

SOUSA, Rita G et al. Colonoscopia e variações do antigénio carcinoembrionário. Arq. Gastroenterol. [online]. 2014, vol.51, n.1, pp.69-72. ISSN 0004-2803.  https://doi.org/10.1590/S0004-28032014000100014.

Contexto

A colonoscopia é essencial para a detecção de cancer síncronos e metacronos. O antígeno carcinoembrionário é um marcador de tumor de câncer colorretal, importante como ferramenta para acompanhamento de pacientes com câncer colorretal prévio. A elevação do antígeno carcinoembrionário e resultados falso-positivos geram múltiplos exames e ansiedade no paciente. Na literatura, há referência a aumento transitório do antígeno carcinoembrionico após colonoscopia.

Objetivo

Avaliar a influência da preparação intestinal e da colonoscopia nos níveis do antígeno carcinoembrionico no sangue.

Métodos

Foram estudados prospectivamente indivíduos submetidos a colonoscopia de rotina em nossa instituição. Foram colhidas amostras de sangue (1) antes de limpeza do intestino, (2) antes de colonoscopia e (3) imediatamente após a colonoscopia. Níveis de antígeno carcinoembrionico no sangue foram determinados por imunoensaio técnica de “sandwich”. Os métodos estatísticos utilizados foram o teste t pareado e ANOVA.

Resultados

Trinta e sete pacientes (22m/15f) foram incluídos; intervalo de idade entre 28-84 anos (média de 56 anos). Valores médios de antígeno carcinoembrionário foram 1,9, 2 e 1,8 para as situações (1), (2) e (3), respectivamente. Observou-se um aumento no valor (2) comparado com (1) em 20/37 pacientes (P = 0,018), principalmente em pacientes mais jovens e em pacientes que necessitaram de mais intervenções endoluminais. Em 29/37 pacientes, o valor do antígeno carcinoembrionário diminuiu nas situações (2) para (3) (P = 1.3x10-7).

Conclusões

Observou-se uma tendência para o aumento do antígeno de carcinoembrionico depois a limpeza do intestino, especialmente em pacientes mais jovens e em pacientes com mais intervenções endoluminais, mas sem significado clínico.

Keywords : Colonoscopia, métodos; Antígeno carcinoembrionário; Neoplasias colorretais.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )