SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue2Cerebrospinal fluid proteins and their electrophoretic pattern in diabetic neuropathy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

CANELAS, Horacio M.; RICCIARD-CRUZ, Oswaldo  and  ESCALANTE, Ovidio A. D.. Cysticercosis of the nervous system: less frequent clinical forms III- spinal cord forms. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 1963, vol.21, n.2, pp.77-86. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1963000200001.

As formas medulares da neurocisticercose são relativamente raras (2,7% de 296 casos desta parasitose registrados na Clínica Neurológica da Faculdade de Medicina da USP). Em revisão da literatura só encontramos 42 casos, na maioria dêles ocorrendo associação com sintomas encefálicos. São discutidas as razões desta baixa incidência, assim como as possíveis vias seguidas pelo parasito a fim de alcançar a medula. Após reverem os primeiros casos registrados na literatura, os autores destacam as principais síndromes (meningomielítica, tabetiforme e de compressão medular) e alguns dos caracteres clínicos e anátomo-patológicos da cisticercose medular. São relatados 9 casos de cisticercose medular. O diagnóstico baseou-se em dados laboratoriais (especialmente a positividade da reação de fixação de complemento para cisticercose no líquido cefalorraqueano) ou nos resultados cirúrgicos. Outros aspectos do exame do líquido cefalorraqueano (presença de eosinófilos, proteinorraquia e resultados das provas manométricas) são comentados. A perimielografia demonstrou existência de bloqueio do canal raqueano em 5 casos. Três dêstes pacientes foram submetidos a la-minectomia, com resultados variáveis. O quadro neurológico predominante foi o de compressão da medula e/ou das raízes nervosas (4 casos). Dois pacientes apresentavam uma síndrome cordonal posterior que simulava a tabes dorsal. Dois outros pacientes apresentavam um quadro de meningomielite não sistematizada. Um paciente tinha uma síndrome sugestiva de mielose funicular, mas a presença de sintomas cerebrais e os resultados dos exames de laboratório levaram a considerar a cisticercose como a etiologia mais provável.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License