SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 issue2Unilateral neglect syndrome clinical and topographic study of 20 subjectsAuditory extinction and dichotic listening cv task in cerebral infarction preliminary report author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

ALONSO, José L.. Registro eletromiográfico do fenômeno de strümpell aplicado ao diagnóstico da síndrome piramidal. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 1990, vol.48, n.2, pp.195-200. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1990000200009.

Depois de observar há vários anos que o registro eletromiográfico (BMG) do fenômeno de Strümpell (FS) é útil para diagnosticar síndromes piramidais, a partir de março-1987, o autor passou a pesquisar o FS sistematicamente durante a EMG dos músculos tibials anteriores. Realiza esse registro com eletrodo concêntrico de agulha e calibração de 0,05 a 0,2mV e 1s por divisão. Ao paciente, em decúbito dorsal, é solicitado realizar extensão vagarosa e completa da coxa. O FS positivo caracteriza-se por EMG de contração tônica involuntária, de amplitude crescente, do músculo tibial anterior, simultaneamente à extensão da coxa. Com a finalidade de sistematizar a EMG dessa sincinesia e de avaliar sua utilidade no diagnóstico da síndrome piramidal, o autor revisou os 579 relatórios de EMG realizados a partir de março-1987. Foram encontrados 26 (4,49%) relatórios de pacientes com FS positivo, que serviu para estabelecer ou confirmar que esses pacientes apresentavam síndromes piramidais. Em 20 pessoas de idade parecida e sem sinais de liberação piramidal, a pesquisa do FS se acompanhava de silêncio eletromiográfico (90%) ou de algumas contrações clônicas (10%) do tibial anterior. O autor recomenda a inclusão da pesquisa de FS no exame EMG convencional dos tibials anteriores, especialmente em casos de esclerose lateral amiotrófica e frente a síndromes mielorradiculares ou medulares.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License