SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 issue2Botulinum toxin for the treatment of spasmodic torticollis: a meta-analysisCerebrovascular disease or brainvascular disease?: Reviewing the designation and respecting the anatomy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

ALOE, Flávio. Bocejo. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 1994, vol.52, n.2, pp. 273-276. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1994000200023.

A ubiquidade do bocejo normal e a existência de bocejo de caráter anormal justificam o conhecimento deste reflexo. Muito pouco se sabe a respeito dos mecanismos fisiológicos e papel funcional dos bocejos. Uma revisão da literatura mostra que o bocejo é um reflexo de alerta cerebral com alças centrais e periféricas, cujo objetivo é reverter hipoxia ou hipoxemia cerebral. Comportamentalmente, bocejar é ato semi-involuntário que ocorre também por causa de perda cognitiva de interesse pelo meio ambiente e não está necessariamante associado com sensação de fadiga. Fatores sócio-ambientais podem influenciar o aparecimento de bocejos. Os sistemas neuronais dopaminérgico, colinérgico, ACTH e oxitocinérgico estão envolvidos na geração e modulação do bocejo em animais de experimentação.

Keywords : bocejo; fadiga; hipoxia; sonolência; dopamina; acetilcolina; ACTH; oxitocina.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English