SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 issue3Functional significance of MRI defined mesial temporal sclerosis in temporal lobe epilepsy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

CUKIERT, A. et al. Congruência da topografía de calcificações intracranianas e focos epilépticos. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 1994, vol.52, n.3, pp.289-294. ISSN 0004-282X.  https://doi.org/10.1590/S0004-282X1994000300001.

Calcificações nodulares intracranianas (CIN) representam achado frequente em pacientes epilépticos de países onde doenças granulomatosas do SNC (p.e.: neurocisticercose) são endêmicas. Trinta e quatro pacientes epilépticos consecutivos com CINs foram submetidos a exame de EEG, TC e LCR. A correlação entre a topografia do foco e das calcificações foi estudada em cada caso. Vinte e nove pacientes tinham crises parciais (Grupo I) e 5 crises primariamente generalizadas (Grupo II). Vinte pacientes do Grupo I e 1 do grupo II tinham EEGs anormais. Hiperproteinorraquia (n=3) e reação de Weinberg positiva foram as alterações encontradas no LCR. Em 2 casos, vesículas neurocisticercóticas íntegras foram vistas na tomografia. Vinte e um pacientes possuíam CIN única. Não foi possível realizar a correlação clínica nos pacientes do Grupo II. No grupo I, 15 pacientes apresentaram correlação positiva e 14 negativa. Sessenta e quatro por cento dos pacientes com calcificação única apresentaram correlação negativa. Estes achados sugerem fortemente que as calcificações não são epileptogênicas em ao menos 50% dos casos estudados.

Keywords : epilepsia; calcificações; TC; EEG.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License