SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.53 issue1Total proteins level on CSF and their prognostic significance in subarachnoid hemorrhageSneddon's syndrome: report of three cases author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

LEAL FILHO, Manoel Baldoíno et al. Acidente vascular de tronco encefálico estudo de 21 casos. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 1995, vol.53, n.1, pp. 75-81. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1995000100012.

Através de estudo prospective) foram acompanhados 21 casos de acidente vascular de tronco encefálico, durante 12 meses, entre 1991 e 1992. O objetivo foi observar a relação entre o tipo de lesão, a apresentação clínica e a evolução. Com o exame neurológico, a tomografia computadorizada (CT) e, em alguns casos, angiografia e ressonância magnética (MRI) demonstrou-se a topografia da lesão. A hemorragia pontomesencefálica foi o achado mais freqüente. A hipertensão arterial sistêmica estava presente em 67% dos casos e a sexta década de vida foi a mais atingida. Todos os pacientes receberam tratamento clínico visando as doenças associadas. Utilizou-se o Glasgow Outcome Scale (GOS) para avaliar a evolução: 28% tiveram GOS 5, 24% GOS 4, 5% GOS 3, 28% GOS 2 e 14% GOS 1. Notou-se, por esta experiência, tratar-se de uma patologia grave e com várias formas de apresentação. Quando o paciente foi admitido em coma e com lesão mista, a evolução foi desfavorável (p < 0,01). Muitas vezes foi difícil correlacionar os casos com as descrições clássicas da literatura, por isto chamamos a atenção para o fato de que se deva observar individualmente as características de cada caso.

Keywords : acidente vascular de tronco encefálico; síndromes de tronco encefálico.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese