SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 issue3BInternal carotid artery stenosis: comparison of duplex scan and magnetic resonance angiography with digital subtraction angiography author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

MOLL, Jorge; ESLINGER, Paul J.  and  OLIVEIRA-SOUZA, Ricardo de. Ativação do córtex frontopolar e temporal anterior em uma tarefa de julgamento moral: resultados preliminares de ressonância magnética funcional em indivíduos normais. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2001, vol.59, n.3B, pp. 657-664. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2001000500001.

OBJETIVO: Estudar, com ressonância magnética funcional (RMf), as áreas cerebrais normalmente ativadas por julgamentos morais em tarefa de verificação de sentenças. MÉTODO: Dez adultos normais foram estudados com RMf-BOLD durante a apresentação auditiva de sentenças cujo conteúdo foram instruídos a julgar como "certo" ou "errado". Metade das sentenças possuía um conteúdo moral explícito ("Transgredimos a lei se necessário"), enquanto a outra metade era constituída de afirmativas factuais desprovidas de conotação moral ("Pedras são feitas de água"). Depois do estudo funcional, cada indivíduo aferiu o conteúdo moral, a valência emocional, e a dificuldade de julgamento de cada sentença em escalas de Likert. Para excluir o efeito da emoção nos resultados da ativação, as respostas individuais foram hemodinamicamente modeladas para análise de RMf relacionada a eventos. O modelo linear geral foi empregado na avaliação das áreas cerebrais ativadas pelos julgamentos morais. RESULTADOS: As regiões ativadas pelo julgamento moral compreenderam o córtex frontopolar, o giro frontal medial, o córtex temporal anterior direito, o núcleo lenticular, e o cerebelo. As ativações frontopolar e médio-frontal (áreas 10/46 e 9 de Brodmann) mostraram-se independentes da experiência emocional e representaram as maiores áreas de ativação. CONCLUSÃO: Estes resultados vão ao encontro de observações clínicas que atribuem papel crítico aos pólos frontais e ao córtex temporal anterior direito na regulação do comportamento social. O sistema frontopolar-ântero-temporal descrito no presente trabalho pode representar sistema neural relativamente independente, que opera em harmonia com os córtices orbitário e dorsolateral durante decisões baseadas em julgamentos morais.

Keywords : lobos frontais; julgamento moral; sociopatia adquirida; psicopatia.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English