SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 issue3BInternal carotid artery stenosis: comparison of duplex scan and magnetic resonance angiography with digital subtraction angiography author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282XOn-line version ISSN 1678-4227

Abstract

MOLL, Jorge; ESLINGER, Paul J.  and  OLIVEIRA-SOUZA, Ricardo de. Ativação do córtex frontopolar e temporal anterior em uma tarefa de julgamento moral: resultados preliminares de ressonância magnética funcional em indivíduos normais. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2001, vol.59, n.3B, pp.657-664. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2001000500001.

OBJETIVO: Estudar, com ressonância magnética funcional (RMf), as áreas cerebrais normalmente ativadas por julgamentos morais em tarefa de verificação de sentenças. MÉTODO: Dez adultos normais foram estudados com RMf-BOLD durante a apresentação auditiva de sentenças cujo conteúdo foram instruídos a julgar como "certo" ou "errado". Metade das sentenças possuía um conteúdo moral explícito ("Transgredimos a lei se necessário"), enquanto a outra metade era constituída de afirmativas factuais desprovidas de conotação moral ("Pedras são feitas de água"). Depois do estudo funcional, cada indivíduo aferiu o conteúdo moral, a valência emocional, e a dificuldade de julgamento de cada sentença em escalas de Likert. Para excluir o efeito da emoção nos resultados da ativação, as respostas individuais foram hemodinamicamente modeladas para análise de RMf relacionada a eventos. O modelo linear geral foi empregado na avaliação das áreas cerebrais ativadas pelos julgamentos morais. RESULTADOS: As regiões ativadas pelo julgamento moral compreenderam o córtex frontopolar, o giro frontal medial, o córtex temporal anterior direito, o núcleo lenticular, e o cerebelo. As ativações frontopolar e médio-frontal (áreas 10/46 e 9 de Brodmann) mostraram-se independentes da experiência emocional e representaram as maiores áreas de ativação. CONCLUSÃO: Estes resultados vão ao encontro de observações clínicas que atribuem papel crítico aos pólos frontais e ao córtex temporal anterior direito na regulação do comportamento social. O sistema frontopolar-ântero-temporal descrito no presente trabalho pode representar sistema neural relativamente independente, que opera em harmonia com os córtices orbitário e dorsolateral durante decisões baseadas em julgamentos morais.

Keywords : lobos frontais; julgamento moral; sociopatia adquirida; psicopatia.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License