SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue2AEndoscopic approach to fourth ventricle cysticercosisRegional differences in the number and type of myenteric neurons in the descending colon of rats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

ANTUNES, Sérgio Luiz Gomes et al. Mastócitos, subpopulações mastocitárias e neuropeptídios nas reações da hanseníase. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2003, vol.61, n.2A, pp. 208-219. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2003000200010.

A marcação imuno-histoquímica dos neuropeptídios (SP, a-MSH e g-MSH, CGRP, VIP) e a imunomarcação de mastócitos e suas subpopulações triptase-positivas e triptase/quimase positivas foram realizadas em biópsias cutâneas de seis pacientes com reações hansenianas (três reações reversas e três eritema nodosos). A imunorreatividade nessas biópsias foi comparada com a obtida nas biópsias após a remissão das reações. Foi encontrado aumento relativo de mastócitos triptase-positivos no interior do infiltrado inflamatório das biópsias reacionais quando comparadas com as biópsias pós-reacionais. Além disso, o número total de mastócitos e o número relativo de mastócitos triptase-positivos foi significativamente maior no interior do infiltrado inflamatório do que na derme não ocupada pelo infiltrado. Em relação aos neuropeptídios não foram encontradas diferenças significativas na imunomarcação dos dois grupos de biópsias. O aumento relativo de mastócitos triptase-positivos sugere que eles possam estar implicados na deflagração do processo reacional. O papel dos neuropeptídios na gênese das reações ainda não pode ser descartado.

Keywords : hanseníase; neuropeptídios; mastócitos; triptase; quimase.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English