SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue2AExperimental tumors of the central nervous system: standardisation of a model in rats using the 9L glioma cellsHorner syndrome after stereotactic Parkinson's surgery author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

PREVEDELLO, Daniel Monte-Serrat et al. Fatores prognósticos no tratamento dos tumores intradurais extramedulares: estudo de 44 casos. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2003, vol.61, n.2A, pp. 241-247. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2003000200014.

Entre 1993 e 1999 foram estudados 44 pacientes que preencheram requisitos protocolares de seguimento adequado e que foram submetidos à ressecção de processo expansivo extramedular intradural. Os pacientes eram constituídos por 43,2% de mulheres e por 56,8% de homens. A média da idade foi 32,9 anos. A localização da lesão foi mais comum na região torácica, com 45,5% dos casos, seguida da lombar com 18,2%. A extensão tumoral variou de 1 a 7 segmentos vertebrais, com uma média de 2,5 níveis. O schwanoma foi o tipo histológico mais comum com 65,9%, seguido dos meningiomas com 20,5%. Houve 2 casos de neurofibroma e 1 caso de paraganglioma, cisto neuroentérico, metástase e schwanoma maligno. A evolução foi de melhora em 56,8%, estabilidade em 31,8% e de piora em 11,4%. Não houve mortalidade relacionada ao procedimento cirúrgico. Todos os casos de piora tiveram ressecção total e eram localizados no segmento torácico. A ressecção total é a modalidade ideal de tratamento cirúrgico. No entanto, no nível torácico, onde predominam as peculiaridades de irrigação da medula, a morbidade cirúrgica pode ser mais elevada (p=0,014).

Keywords : schwanoma; meningioma; neoplasias intradurais-extramedulares; neoplasias; medula espinhal; neurinoma.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese