SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.62 issue3AThe Wada Test: contributions to standardization of the stimulus for language and memory assessmentPrevalence of presenile dementia in a tertiary outpatient clinic author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

DOMINGUES, Renan Barros; KUSTER, Gustavo Wruck; DUTRA, Livia Almeida  and  SANTOS, Jasper Guimarães. Epidemiologia da cefaléia em Vitória, Espírito Santo. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2004, vol.62, n.3a, pp. 588-591. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2004000400004.

Este estudo é o primeiro a avaliar a prevalência da cefaléia na região de Vitória, ES. Demonstrou-se alta prevalência de portadores de cefaléia (52,8%), com maior freqüência no sexo feminino (63,9%) e em pessoas com menos de 55 anos. Não houve diferença de prevalência em relação ao tipo de atividade profissional. O estresse foi apontado como o fator causal mais freqüente. Verificou-se que poucos portadores de cefaléia fazem acompanhamento médico regular (9%) e que a maioria usa medicamentos analgésicos sem orientação adequada, sendo os medicamentos mais utilizados combinações contendo cafeína (33%) e os analgésicos comuns (52,3%).

Keywords : cefaléia; prevalência; auto-medicação.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English