SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.63 issue1Electrophysiological study of the central and peripheral hearing system of aphasic individualsAwareness of disease in dementia: preliminary results in patients with mild and moderate Alzheimer's disease author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

THIESEN, Rosana A. et al. Influência da fisioterapia respiratória na pressão intracraniana em pacientes com traumatismo craniencefálico grave. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2005, vol.63, n.1, pp. 110-113. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2005000100020.

OBJETIVO: Estudar a influência das manobras de fisioterapia respiratória na pressão intracraniana (PIC) dos pacientes com trauma craniencefálico grave. MÉTODO: Trinta e cinco pacientes com trauma craniencefálico grave foram incluídos no estudo, sendo divididos em três grupos: com PIC < 10, 11-20 e 21-30 mmHg. As variáveis monitorizadas foram: PIC e pressão arterial média. A pressão de perfusão cerebral foi calculada pela diferença de pressão arterial média e PIC. RESULTADOS: A manobra de aspiração traqueal causou aumento de PIC em todos os grupos. A pressão arterial média não teve alterações e a pressão de perfusão cerebral diminuiu pouco, porém mantendo valores normais. CONCLUSÃO: As manobras de fisioterapia respiratória podem ser usadas com segurança em pacientes com traumatismo craniencefálico grave, com PIC abaixo de 30 mmHg.Certo cuidado deve ser tomado durante a aspiração traqueal.

Keywords : traumatismo craniencefálico; fisioterapia respiratória; pressão intracraniana; pressão de perfusão cerebral.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese