SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.63 issue3ACysticercosis research in epileptic patients dwelling in towns of the western Cariri in the State of Paraíba, BrazilChronic inflammatory demyelinating polyradiculoneuropathy: two cases with cervical spinal cord compression author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

TESSER, Egídio et al. Líquido cefalorraquidiano no diagnóstico da esquistossomose raquimedular. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2005, vol.63, n.3a, pp. 661-665. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2005000400020.

As três espécies de esquistossoma podem comprometer o sistema nervoso. O S. mansoni é responsável pela esquistossomose no Brasil, sendo a mielopatia uma forma grave desta helmintose. O propósito deste trabalho é analisar as alterações do líquido cefalorraquidiano (LCR) para dar mais subsídios para o diagnóstico da esquistossomose raquimedular. Fizeram parte deste estudo 22 amostras de LCR de pacientes com esquistossomose espinal. Os resultados das análises destas amostras mostraram que a associação de alterações do LCR com quadro inflamatório e RIFI-IgM positiva ocorreu em 88% dos pacientes, que o eosinófilo esteve presente em apenas 7 amostras (36,8%), e que 3 dos 22 pacientes estudados apresentaram LCR normal. Conclui-se que o exame de LCR é coadjuvante muito útil para o diagnóstico da neuroesquistossomose.

Keywords : líquido cefalorraquidiano; esquistossomose raquimedular.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese