SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.65 issue1First, do no harm: the risks of overtreating children with epilepsyAssociation analysis between the C516T polymorphism in the 5-HT2A receptor gene and schizophrenia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282XOn-line version ISSN 1678-4227

Abstract

BERTUCCI FILHO, Délcio; TEIVE, Hélio A.G.  and  WERNECK, Lineu C.. Doença de Parkinson de início precoce e depressão. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2007, vol.65, n.1, pp.5-10. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2007000100003.

Os pacientes com doença de Parkinson (DP) cujo início dos sintomas ocorre até os 45 anos (DPIP), apresentam características clínicas que a diferem da doença de início tardio. Estudos têm sugerido que pacientes com DPIP têm maior incidência de depressão quando comparados aos de início tardio, mas sem definição de algum marcador específico da doença para depressão. Estudamos 45 pacientes com DPIP, para definir a freqüência da depressão e verificar possíveis diferenças entre os grupos com e sem depressão. A depressão foi diagnosticada em 16 (35.5%) pacientes estando acima da média da população geral, porém semelhante aos índices relatados pelos estudos de pacientes com DP de início tardio; 8 (50%) pacientes tinham depressão leve, 4 (25%) moderada e 4 (25%) estavam em remissão.Não houve relação da depressão com nenhuma das características clínicas da doença, embora apresentem complicações mais precoces da levodopaterapia, e sejam mais afetados nas escalas de Hoehn-Yahr, UPDRS e Schwab-England.

Keywords : doença de Parkinson; doença de Parkinson de início precoce; depressão.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License