SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.65 issue4BFrequency of stroke types at an emergency hospital in Natal, BrazilClinical outcome of neonatal bacterial meningitis according to birth weight author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282XOn-line version ISSN 1678-4227

Abstract

MORAIS, Lívia Tavares; ZANARDI, Verônica de Araújo  and  FARIA, Andréia Vasconcellos. Espectroscopia por ressonância magnética no diagnóstico e definição etiológica dos abscessos bacterianos cerebrais. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2007, vol.65, n.4b, pp.1144-1148. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2007000700010.

Apresentamos dois pacientes com abscessos bacterianos cerebrais cujos diagnósticos etiológicos foram corretamente auxiliados pela associação de difusão e espectroscopia à ressonância magnética convencional. Ambos apresentavam lesões com captação anelar de contraste e evidências de restrição à difusão de moléculas de água. Na espectroscopia, o abscesso causado por bactéria aeróbia apresentou picos de lactato e aminoácidos, enquanto o abscesso causado por bactéria anaeróbia facultativa mostrou, além destes, picos de acetato e succinato. Tais resultados concordam com um único estudo prévio que relacionou o padrão de espectroscopia nos abscessos com sua etiologia bacteriana. A ressonância magnética convencional, associada à difusão e à espectroscopia é uma técnica eficiente no diagnóstico de abscessos bacterianos e promissora em explorar suas etiologias.

Keywords : abscesso cerebral piogênico; espectroscopia; difusão; ressonância magnética.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License