SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.66 número1Stroke in patients with sickle cell disease: clinical and neurological aspectsBrazilian children performance on Rey’s auditory verbal learning paradigm índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

versión impresa ISSN 0004-282X

Resumen

FONTOURA, Denise Ren da et al. Determinação de dominância cerebral para linguagem em pacientes com epilepsia refratária de lobo temporal: estudo comparativo entre ressonância magnética funcional e teste de escuta dicótica. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2008, vol.66, n.1, pp. 34-39. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2008000100009.

OBJETIVO: Identificar a dominância cerebral para funções de linguagem através do teste de escuta dicótica (TED) e correlacionar com os resultados de ressonância magnética funcional (RMf) em pacientes com epilepsia refratária de lobo temporal. MÉTODO: Foram estudados 13 pacientes com epilepsia refratária de lobo temporal, que realizaram avaliações pré-cirúrgicas no período de abril a outubro de 2004 no Programa de Cirurgia de Epilepsia do Hospital São Lucas da PUCRS. Realizada investigação da dominância hemisférica para linguagem através do TED Consoante-Vogal e da RMf pela geração de verbos. RESULTADOS: Verificou-se a existência de correlação entre os índices de lateralidade (RMf) e os índices de predomínio de orelha e de diferença de resposta (TED) (r=0,6, p=0,02). CONCLUSÃO: Existe correlação entre os resultados obtidos através da RMf (índice de lateralidade) e do TED (índice de predomínio de orelha e índice de diferença de resposta) em pacientes com epilepsia refratária de lobo temporal.

Palabras llave : teste de escuta dicótica; ressonância magnética funcional; epilepsia temporal refratária; dominância cerebral; linguagem.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés