SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.66 issue1Normative study of tympanic infrared thermometry: a non-invasive index of asymmetric cerebral activitySurgical treatment of primary intramedullary spinal cord tumors in adult patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282XOn-line version ISSN 1678-4227

Abstract

MORAIS, Dionei F. et al. Aplicação clínica da ressonância magnética em pacientes com traumatismo craniencefálico agudo. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2008, vol.66, n.1, pp.53-58. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2008000100013.

PROPÓSITO: Avaliar a aplicação clínica da ressonância magnética (RM) em pacientes vítimas de traumatismo craniencefálico (TCE) agudo, na identificação do tipo, número, gravidade e correlação clínica-radiológica. MÉTODO: Foram estudados prospectivamente 55 pacientes vítimas de TCE agudo fechado (0-5 dias), por TC e RM, sendo 34 do sexo masculino e 21 do feminino. RESULTADOS: Houve diferença estatisticamente significante (teste McNemar): fraturas de crânio foram detectadas em 29,1% pacientes na TC e 3,6% pela RM; hematoma subdural 10,9% na TC e 36,4% pela RM; lesão axonal difusa (LAD) 1,8% pela TC e 50,9% na RM; contusões corticais 9,1% na TC e 41,8% pela RM, hemorragia subaracnóidea 18,2% na TC e 41,8% pela RM. CONCLUSÃO: A RM foi superior à TC na identificação da LAD, hemorragia subaracnóidea, contusões corticais e hematoma subdural agudo, porém inferior no diagnóstico de fraturas. A detecção de LAD pela RM foi associada com maior gravidade do TCE agudo.

Keywords : ressonância magnética; traumatismo craniencefálico.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License