SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.66 issue1Diffusion-weighted MR images and pineoblastoma: diagnosis and follow-up author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282XOn-line version ISSN 1678-4227

Abstract

FARIA, José Weber Vieira de et al. Occurrence of severe and moderate traumatic brain injury in patients attended in a Brazilian Teaching Hospital: epidemiology and dosage of alcoholemy. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2008, vol.66, n.1, pp.69-73. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2008000100016.

Os objetivos deste estudo são investigar aspectos da epidemiologia e identificar o uso de álcool em pacientes com traumatismo craniencefálico grave e moderado em maiores de 18 anos atendidos no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia. Encontrou-se alcoolemia positiva em 39,3% dos pacientes. Nos 33 exames positivos, foram observadas alcoolemias superiores a 60 mg/dL em 28 (84,6%). Não houve relação significativa entre os níveis de alcoolemia e a gravidade do trauma. Maior prevalência ocorreu aos sábados, no período noturno. Os tipos de causa externa mais frequentes foram os acidentes de transporte (64,74%), seguidos de quedas acidentais (17,27%) e de agressões (16,55%). Dos pacientes com alcoolemia positiva, 93,9% eram do sexo masculino, com maior prevalência dos 20 aos 29 anos. Dentre aqueles com alcoolemia positiva, 24,2% vieram a falecer, não havendo diferença significante com os pacientes com alcoolemia negativa (n=51) (p=0,93); RR= 0,9; IC95%=0,40-2,08.

Keywords : álcool; traumatismo craniencefálico.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License