SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67 issue1Post-traumatic headacheConcepts of color, shape, size and position in ten children with Rett syndrome author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

MOREIRA, Shirlene Vianna; FRANCA, Cecília Cavalieri; MOREIRA, Marcos Aurélio  and  LANA-PEIXOTO, Marco Aurélio. Identidade musical em pacientes com esclerose múltipla. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2009, vol.67, n.1, pp. 46-49. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2009000100012.

Autobiografias musicais constituem um recurso terapêutico pelo qual indivíduos definem a si mesmos, auxiliando a (re)construção da identidade e contribuindo para a melhora da qualidade de vida de portadores de esclerose múltipla (EM). Oito pacientes adultos sob acompanhamento no Centro de Investigação em esclerose múltipla (CIEM) da UFMG, selecionaram entre 10 e 15 músicas significativas em sua vida, a respeito das quais discorreram em entrevista aberta. Os dados foram analisados qualitativamente segundo categorias criadas por Even Rudd, que visam revelar como o indivíduo expressa suas identidades pessoal, social, temporal e transpessoal. Submetidos a tratamento quantitativo, os dados demonstraram que, através da sua história musical, os pacientes aumentaram a percepção dos sentimentos e sensações corporais, expressaram-se de maneiras alternativas e ativaram memórias afetivas, contextualizando-as e adquirindo um senso de continuidade da vida.

Keywords : musicoterapia; esclerose múltipla; autobiografia musical; qualidade de vida.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English