SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67 issue3AEffects of aquatic exercises in a rat model of brainstem demyelination with ethidium bromide on the beam walking testSeasonal distribution and evolving forms of multiple sclerosis patients diagnosed from April 2004 to November 2007 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

FRAGOSO, Yara Dadalti et al. Gravidez e esclerose múltipla: resultados preliminares de base de dados Brasileira. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2009, vol.67, n.3a, pp. 657-660. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2009000400015.

PROPÓSITO: O manejo da gravidez cria um desafio extra aos médicos e aos pacientes com esclerose múltipla (EM). Existem poucos trabalhos relatando bases de dados neste tema. MÉTODO: Base de dados brasileira de nove centros clínicos e de pesquisa na EM, com dados completos de 47 mulheres grávidas (49 gestações). RESULTADOS: Apesar da exposição a drogas para EM ter sido relativamente alta, não foram registradas malformações. Baixo peso e prematuridade foram semelhantes àqueles de países em desenvolvimento. Três complicações podem ter sido associadas a drogas, enquanto outras três foram consideradas como sendo de natureza puramente obstétrica. CONCLUSÃO: Nossos resultados confirmam os achados de menor taxa de surtos na gestação e adicionam dados relacionados a exposição a drogas, na literatura atual.

Keywords : esclerose múltipla; gravidez; prematuridade; baixo peso; complicações obstétricas; interferon beta, acetato de glatirâmer.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English