SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67 número4Pesquisas em epilepsia 150 anos após a teoria da evolução de DarwinAtaxias espinocerebelares: freqüência de alelos e microsatélites em indivíduos normais e afetados índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

versão impressa ISSN 0004-282X

Resumo

MARANHAO-FILHO, Péricles  e  VINCENT, Maurice B.. Neuropareidolia: pista diagnóstica a partir de uma ilusão visual. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2009, vol.67, n.4, pp. 1117-1123. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2009000600033.

O diagnóstico em neuroimagem envolve o reconhecimento de padrões específicos indicativos de doenças particulares. Pareidolia, é a perceção equivocada de algo claro e distinto a partir de um estímulo vago e obscuro, por vezes benéfico a quem interpreta exames de imagem na procura do diagnóstico. A este propósito, alguns animais podem pareidolicamente ser reconhecidos em neuroimagens associadas a determinadas doenças específicas, promovendo mais rapidez na habilidade diagnóstica e naturalmente reforçando estratégias mnemônicas individuais na prática do diagnóstico neuroradiológico. Alguns dos sinais de neuroimagens relacionados a percepções pareidolicas de animais são: o sinal do beja-flor na paralisia supra nuclear progressiva; o sinal do panda na doença de Wilson; o sinal do panda na sarcoisdose; o sinal da borboleta no glioblastoma; o sinal da borboleta no escoliose progressiva e paralisia do olhar horizontal; o sinal do elefante na doença de Alzheimeir; e o sinal do olho de tigre na doença degenerativa ligada a pantothenato kinase.

Palavras-chave : pareidolia; neuroimagem; paralisia supranuclear progressiva; doença de Wilson; sarcoidose; glioblastoma; escoliose progressiva e paralisia do olhar horizontal; doença de Alzheimer; doença neurodegenerativa associada a pantothenate kinase.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês