SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.68 issue2Psychological assessment in patients with phobic postural vertigoApplication of the Spielberger's State-Trait Anger Expression Inventory in clinical patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

BRAGA-NETO, Pedro et al. Tradução e validação da escala para avaliação e graduação de ataxia (SARA) para versão brasileira. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2010, vol.68, n.2, pp. 228-230. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2010000200014.

As ataxias hereditárias compreendem grande espectro de doenças neurodegenerativas geneticamente determinadas, tendo como sintoma preponderante a ataxia de instalação progressiva. No sentido de avaliar a gravidade da ataxia cerebelar através de forma mais fácil e prática, foi proposta uma nova escala: a Escala para Avaliação e Graduação de Ataxia (SARA). O objetivo deste estudo foi traduzir e validar a SARA para o português brasileiro. MÉTODO: A escala SARA foi traduzida para o português brasileiro, analisada, traduzida novamente para o inglês e comparada com sua versão original. A escala foi aplicada em 30 pacientes. Além disso, nós aplicamos também a Escala Cooperativa Internacional para Graduação de Ataxia (ICARS) em todos os pacientes. RESULTADOS: A escala SARA foi traduzida para a versão brasileira com adequada consistência interna, mas uma correlação significativa com a escala ICARS não foi encontrada. CONCLUSÃO: A escala SARA foi traduzida e validada para o português brasileiro, demonstrando boa confiabilidade e validade.

Keywords : ataxia cerebelar; escala para avaliação e graduação de ataxia; escala cooperativa internacional para graduação de ataxia.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English