SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.69 issue2AA prospective study of 39 patients with trigeminal neuralgia treated with percutaneous balloon compressionEndoscopic anatomy of the approaches to the sellar area and planum sphenoidale author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

VAZ-GUIMARAES FILHO, Francisco A. et al. Cirurgia neuroendoscópica para tratamento da hidrocefalia unilateral secundária à obstrução inflamatória do forame de Monro. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2011, vol.69, n.2a, pp. 227-231. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2011000200017.

OBJETIVO: Hidrocefalia unilateral (HU) é caracterizada pelo alargamento de apenas um dos ventrículos laterais. Neste estudo, os autores demonstraram sua experiência no manejo deste tipo incomum de hidrocefalia. MÉTODO: Foram revisados, de uma série de quase 800 cirurgias neuroendoscópicas realizadas entre Setembro de 1995 e Julho de 2010, sete pacientes adultos com diagnóstico de HU. Dados clínicos e radiológicos foram analisados. RESULTADOS: Seis pacientes tinham neurocisticercose intraventricular e um apresentava uma estenose congênita do forame de Monro. Cefaléia foi o sintoma clínico mais comum. Uma septostomia restabeleceu o fluxo liquórico. Durante o seguimento (65,5 meses, de 3-109), nenhum paciente apresentou recorrência clínica assim como nenhuma complicação grave foi observada. CONCLUSÃO: HU é uma condição rara. O tratamento satisfatório pode ser alcançado por meio de uma abordagem neuroendoscópica evitando, desta maneira, o uso de sistemas de derivação ventricular.

Keywords : forame de Monro; hidrocefalia unilateral; neuroendoscopia; neurocisticercose.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English