SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.70 issue1Clinical predictors of response to immunomodulators for multiple sclerosisTranslation, cultural adaptation and psychometric evaluation of the Leganés cognitive test in a low educated elderly Brazilian population author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

MARTINS, Sergilaine Pereira  and  DAMASCENO, Benito Pereira. Acurácia dos testes de memória prospectiva na doença de Alzheimer leve. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2012, vol.70, n.1, pp. 17-21. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2012000100005.

OBJETIVOS: Verificar a acurácia dos testes de memória prospectiva (MP) na doença de Alzheimer (DA). MÉTODOS: Foram avaliados 20 pacientes com DA leve (CDR 1; diagnóstico baseado no DSM-IV e NINCDS-ADRDA) e 20 controles passaram pelos testes de dígitos, das trilhas A e B, de percepção visual, do aprendizado verbal de Rey e da Escala Cornell para Depressão. MP foi avaliada com os subtestes de compromisso e pertence do Teste de Memória Comportamental da Rivermead e dois novos testes (do relógio e dos animais). RESULTADOS: Os pacientes com doença de Alzheimer tiveram um desempenho inferior aos controles na maioria dos testes, exceto nos dígitos diretos e na trilha A. Não houve correlação entre os subtestes de Memória Comportamental da Rivermead e os novos testes de memória prospectiva. A única diferença quanto à acurácia foi que o teste dos animais teve maior sensibilidade que o do pertence da Rivermead. CONCLUSÕES: Os testes do relógio e dos animais mostraram similar especificidade, porém maior sensibilidade do que os subtestes da Rivermead.

Keywords : memória prospectiva; doença de Alzheimer; testes neuropsicológicos; demência; envelhecimento.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English