SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.70 issue7X-linked adrenoleukodystrophy in heterozygous female patients: women are not just carriersReliability and validity study of a Brazilian-Portuguese version of the fatigue severity scale in Parkinson's disease patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

GRACAS, Riviana Rodrigues das et al. Análise objetiva e subjetiva da voz de mulheres portadoras da doença de Parkinson idiopática. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2012, vol.70, n.7, pp. 492-496. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2012000700004.

OBJETIVO: Comparar a qualidade vocal de portadoras da doença de Parkinson idiopática com mulheres sem a doença. MÉTODOS: Foram avaliadas 19 pacientes do sexo feminino, com diagnóstico de doença de Parkinson idiopática e média de idade de 66 anos, e 27 mulheres com média de idade de 67 anos pertencentes ao Grupo Controle. A avaliação foi realizada por meio de análise acústica computadorizada e análise perceptivo-auditiva da voz. RESULTADOS: As portadoras da doença de Parkinson apresentaram qualidade vocal rouca de grau moderado e instável. Os parâmetros de grau do desvio vocal, rugosidade e instabilidade apresentaram maiores valores no grupo com doença de Parkinson, sendo que houve diferença estatisticamente significante. Medidas acústicas de Jitter e quociente de período de perturbação (PPQ) apresentaram diferença estatisticamente significativa entre os grupos. CONCLUSÕES: Quando comparadas ao Grupo Controle, as mulheres portadoras da doença de Parkinson apresentaram maiores alterações vocais ao serem estudadas por meio de análise acústica e perceptivo-auditiva.

Keywords : acústica da fala; doença de Parkinson; voz.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English