SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.70 issue7Reliability and validity study of a Brazilian-Portuguese version of the fatigue severity scale in Parkinson's disease patientsCognitive mechanisms and motor control during a saccadic eye movement task: evidence from quantitative electroencephalography author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

LIBERALESSO, Paulo Breno Noronha; GARZON, Eliana; YACUBIAN, Elza Marcia T.  and  SAKAMOTO, Américo C.. Estado de mal epiléptico não convulsivo refratário no coma: análise da evolução dos padrões ictais. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2012, vol.70, n.7, pp. 501-505. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2012000700006.

OBJETIVO: Estado de mal epiléptico não convulsivo (EMENC) é atualmente considerado uma das formas mais frequentes de estado de mal epiléptico. O objetivo deste estudo foi identificar a história natural da evolução eletrográfica do EMENC refratário, bem como estabelecer relações entre padrões ictais e o prognóstico. MÉTODOS: Foram analizados, retrospectivamente, 14 pacientes com comprometimento da consciência e EMENC. Os padrões ictais foram classificados em crises isoladas (CI), crises subintrantes (CS), descarga ictal contínua (DIC), descarga ictal contínua com períodos de atenuação (DIC-A) e descargas epileptiformes periódicas lateralizadas (PLEDs). RESULTADOS: Os padrões ictais observados foram CI (n=7; 50,0%), PLEDs (n=3; 1,4%), DIC (n=2; 14,3%), CS (n=1; 7,1%) e DIC-A (n=1; 7,1%). CONCLUSÕES: Achados eletrográficos no EMENC refratário são heterogêneos e não obedecem a uma sequência estereotipada. As PLEDs estão associadas à maior probabilidade de morbidade e mortalidade neurológica.

Keywords : estado de mal epiléptico não convulsivo; padrões ictais; PLEDs.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English