SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.70 issue9Neurological complications following bariatric surgeryDysembryoplastic neuroepithelial tumor originally diagnosed as astrocytoma and oligodendroglioma author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

PINTO, Fernando Campos Gomes; PEREIRA, Renan Muralho; SAAD, Felippe  and  TEIXEIRA, Manoel Jacobsen. Desempenho da válvula de pressão fixa com antissifão SPHERA® no tratamento da hidrocefalia e na prevenção da ocorrência de hiperdrenagem. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2012, vol.70, n.9, pp. 704-709. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2012000900011.

Pacientes com hidrocefalia e fatores de risco para hiperdrenagem podem ser submetidos ao implante de derivação ventricular (VS) com mecanismo antissifão. O objetivo deste trabalho foi avaliar prospectivamente os resultados clínicos e tomográficos do implante de válvulas de pressão fixa com antissifão SPHERA® em 35 pacientes adultos, com hidrocefalia e risco de hiperdrenagem, acompanhados por dois anos. Destes, 3 apresentavam hidrocefalia congênita em adulto, com ventrículos muito dilatados (índice de Evans >50%); 3 tinham hiperdrenagem sintomática pós-derivação ventricular prévia (hematoma subdural, higroma ou síndrome dos ventrículos colabados; 1 apresentava hematoma subdural crônico pregresso; 15 apresentavam hidrocefalia de pressão normal com pressão lombar final <5 cm H2O após tap test (40 mL); 6 apresentavam pseudotumor cerebral; e 7, devido a outras causas. A melhoria clínica foi detectada e sustentada em 94,3% dos pacientes no período de dois anos, sem indícios tomográficos de hipo ou hiperdrenagem e sem complicações significativas imediatas, precoces ou tardias.

Keywords : hidrocefalia; pseudotumor cerebral; derivações do líquido céfalorraquidiano.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English