SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.70 issue10Intraoperative ultrasonography for presumed brain metastases: a case series studyThe expanded spectrum of neuromyelitis optica: evidences for a new definition author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

FINKELSZTEJN, Alessandro et al. Algoritmo latino-americano para tratamento da esclerose múltipla remitente-recorrente utilizando drogas modificadoras da doença. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2012, vol.70, n.10, pp. 799-806. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2012001000009.

OBJETIVO: Estima-se que haja aproximadamente 50.000 pessoas com a forma remitente-recorrente da esclerose múltipla na América Latina. Os algoritmos de tratamento norte-americanos e europeus não levam em consideração nossas peculiaridades regionais, nem a dificuldade no acesso ao tratamento por parte dos pacientes. MÉTODOS: O Fórum Latino-americano de Esclerose Múltipla é um grupo de especialistas independente e suprainstitucional, que avaliou as mais recentes evidências científicas sobre a eficácia e a segurança das drogas modificadoras do curso da doença. Foram avaliados também o acesso ao tratamento e os programas de farmacovigilância de cada um dos oito países representados no Fórum. RESULTADOS: Uma lista específica de recomendações baseadas em evidências científicas foi estabelecida para a América Latina. Também foram discutidas perspectivas de futuros tratamentos para esclerose múltipla. CONCLUSÕES: O presente estudo representou um esforço dos representantes de oito países latino-americanos em discutir um assunto que não pode ser adaptado para uso em nossa região diretamente a partir de recomendações de tratamento europeias ou norte-americanas.

Keywords : esclerose múltipla; tratamento; América Latina.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English