SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.71 issue9BNeurological complications in dengue infection: a review for clinical practiceCerebrospinal fluid approach on neuro-oncology author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282XOn-line version ISSN 1678-4227

Abstract

SALGADO, Maristela Marques et al. Evolução do diagnóstico das meningites bacterianas no Estado de São Paulo-Brasil e os futuros desafios. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2013, vol.71, n.9B, pp.672-676. ISSN 0004-282X.  https://doi.org/10.1590/0004-282X20130148.

A meningite bacteriana (MB) é uma doença grave e ainda representa um sério problema de saúde pública, com altas taxas de morbidade e mortalidade. Os casos mais comuns de MB em todo o mundo, principalmente no Brasil, tem sido causados por Neisseria meningitidis, Streptococcus pneumoniae e Haemophilus influenzae tipo b. Cultura bacteriana é a técnica padrão-ouro para a confirmação de MB, mas cerca de 50% dos casos suspeitos não são confirmados por cultura, devido a problemas relacionados ao transporte inadequado e semeadura ou antibioticoterapia prévia. Métodos imunológicos apresentam baixa sensibilidade e têm possibilidade de reações cruzadas. PCR em tempo real (qPCR) é uma técnica molecular e tem sido utilizada com êxito para o diagnóstico de MB no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, Brasil, desde 2007. A incorporação da qPCR na rotina de vigilância em Saúde Pública em nosso estado resultou na diminuição de 50% dos casos de MB indeterminadas. Nossos esforços estão focados na implementação da qPCR na rotina diagnóstica de MB em todo o Brasil.

Keywords : Bacterial meningitis; molecular diagnosis; real time PCR; Meningite bacteriana; diagnóstico molecular; PCR em tempo real.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )