SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.72 issue2The prevalence of multiple sclerosis in Santa Maria, Rio Grande do Sul, BrazilIntra- and interobserver agreement in the diagnosis of malocclusion in sleep-disordered breathing author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

CAMARGO, Carlos Henrique F. et al. Distonia cervical: considerações sobre casos esporádicos e familiares em 88 pacientes. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2014, vol.72, n.2, pp.107-113. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/0004-282X20130225.

A distonia cervical (CD) afeta a musculatura do pescoço de modo focal ou em combinação com outras partes do corpo. O objetivo deste estudo foi identificar diferenças clínicas entre pacientes com distonia com história familiar e pacientes sem história familiar (esporádicos). Foram selecionados 88 pacientes com DC no Setor de Distúrbios do Movimento entre julho de 2008 e junho de 2009. Somente os pacientes sem diagnóstico etiológico foram admitidos para análise. A idade de início dos sintomas foi mais tardia em pacientes com distonia focal e segmentar do que em pacientes com distonia generalizada (p<0,001). A gravidade dos sintomas foi maior em pacientes com distonia focal esporádicos do que naqueles com história familiar (p<0,01). Os casos generalizados foram mais graves nos pacientes com história familiar (p<0,01). Pacientes esporádicos tiveram níveis maiores de dor em relação aos casos familiares (p<0,05). Esperamos apresentar em breve resultados de análises genéticas desses pacientes.

Keywords : distonia; distonia cervical; DYT1; DYT6; genética.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )