SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.75 issue11Integrity of white matter structure is related to episodic memory performance in the low-educated elderlyThe relative frequency of common neuromuscular diagnoses in a reference center author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282XOn-line version ISSN 1678-4227

Abstract

OLIVEIRA, Giuliano da Paz; VAGO, Eliana Regina Lottemberg; PRADO, Gilmar Fernandes do  and  COELHO, Fernando Morgadinho Santos. A influência crítica das queixas respiratórias noturnas na qualidade final do sono após acidente vascular cerebral: índice de qualidade de sono de Pittsburgh e STOP-BANG. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2017, vol.75, n.11, pp.785-788. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/0004-282x20170137.

Especialmente em pacientes com acidente vascular cerebral (AVC), muitos fatores prejudicam o sono, como distúrbios respiratórios do sono (DRS). Ferramentas mais baratas foram usadas para identificar a qualidade do sono e distúrbios do sono após AVC. Este estudo verificou a influência das queixas DRS na qualidade do sono após AVC utilizando questionários. Nós investigamos a qualidade do sono eo risco de Apneia Obstrutiva do Sono com o Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI) e Stop-Bang em 68 pacientes após AVC. As pontuações de STOP-BANG e PSQI foram de 4,3 ± 1,8 e 7,6 ± 3,9, respectivamente. As pontuações de STOP-BANG foram mais elevadas em pacientes com sono ruim (4,5 ± 1,6 versus 3,5 ± 1,9; p = 0,032). A regressão logística caracterizou o STOP-BANG como preditor de um sono de má qualidade. Estes achados confirmam a influência das queixas respiratórias noturnas na qualidade do sono após AVC.

Keywords : acidente vascular cerebral; sono; inquéritos e questionários.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )