SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.75 issue11Good sensory recovery of the hand in brachial plexus surgery using the intercostobrachial nerve as the donorThe number of burr holes and use of a drain do not interfere with surgical results of chronic subdural hematomas author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282XOn-line version ISSN 1678-4227

Abstract

FLORES, Juan Antonio Castro; SANDERS, Felipe Hada; FIGUEIREDO, Eberval Gadelha  and  TEIXEIRA, Manoel Jacobsen. Amigdalo-hipocampectomia transtemporal: técnica minimamente invasiva com ótimos resultados clínicos e baixo custo. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2017, vol.75, n.11, pp.801-808. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/0004-282x20170141.

A esclerose mesial temporal é uma síndrome epiléptica focal que requer ablação de estruturas mesiais temporais.

Objetivo:

Descrever e padronizar a técnica operatória e resultados clínicos.

Métodos:

Série prospectiva de casos de uma única instituição, realizadas por um único cirurgião, de 2006 a 2012. 120 doentes foram submetidos a amigdalo-hipocampectomia transtemporal por acesso mínimo (keyhole).

Resultados:

55% eram do sexo masculino, 85% apresentavam doença do lado direito. As primeiras 70 cirurgias tiveram um tempo cirúrgico médio de 2,51 horas, e as últimas 50 cirurgias tiveram um tempo cirúrgico médio de 1,62 horas. Houve morbidade de 3,3%. 5% dos doentes apresentaram atrofia leve de músculo temporal. O controle das convulsões foi avaliado com a Escala de Engel no segundo ano de pós operatorio, 71% eram Classe I, 21% Classe II, 6% Classe III.

Conclusão:

Esta nova técnica é viável, reprodutível e com resultados clínicos adequados.

Keywords : lobectomia temporal anterior; epilepsia do lobo temporal; epilepsias parciais.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )